quinta-feira, 30 de abril de 2009

Quem levou Camões?

Apesar de toda a suspeição que possa ser colocada sobre mim, foi uma noite muito legal. E vou fazer uma confidência: jamais imaginei que fosse possível lotar o Bella Gula com um projeto de poesia, ainda mais no fim do mês, com o dinheiro curto. Foi muita gente bacana, de todas as idades, vindo ao microfone, desde os filhos de Ildney a atores e poetas consagrados como Maurício de Macedo, Nilton Resende e Paulo Poeta. Arilene mais uma vez interpretou muito bem vários poemas e fiquei em particular emocionado ao ouvir o meu “cacos inconexos” com sua interpretação. Foi muita gente legal que vou esquecer os nomes agora, depois de algumas doses de cachaça. Ao fim, o varal ficou vazio, pois as pessoas fizeram questão de levar para casa os poemas que leram ou ouviram. A participação de Junior Almeida foi de beleza ímpar, interpretando poemas que ele musicou, um deles com a voz deliciosa de Irina Costa. Ao final dos dois blocos de poesias, Fernando Marcelo e Naldinho fecharam a noite com música de qualidade. Vale ressaltar que Fernando interpretou a música (marchinha?) “Papel no Varal”, de nossa autoria (minha e dele), que será o tema do nosso projeto. Foi legal ver várias gerações no mesmo espaço, sem conflito. Também preciso enfatizar a importância para a qualidade do evento de Karine e Taísa na produção e da Licière e seu pessoal do Bella Gula, que levaram a noite até o último cliente.
Sim, mas a frase da noite foi do Paulo Poeta a procura de um poema que desaparecera do varal: “Quem levou Camões?”.
Agora é hora de descansar e abrirmos para as críticas, sugestões e comentários, para que o próximo Papel no Varal seja ainda mais prazeroso. Por via das dúvidas, vou imprimir duas cópias do poema do Camões.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Papel no Varal

Começa nesta quarta, 29/4, às 19h, no Bella Gula (Av. Amélia Rosa), o Projeto Papel no Varal. "Poesia de todo canto, poesia pra todo mundo". Coordenado por Ricardo Cabús, o sarau contará com um varal de poesias de autores brasileiros e estrangeiros. Os poemas do varal serão declamados por atores e poetas convidados, bem como pelos amantes da poesia que desejarem participar. Todos os poemas previamente selecionados poderão ser lidos por qualquer dos presentes, com exceção do próprio autor. Haverá dois blocos de 50 minutos. No intervalo teremos a música de Júnior Almeida, em participação especial. Entrada Gratuita.

sábado, 18 de abril de 2009

Horários do Minuto de Poesia

Atendendo aos ouvintes, a programação do Minuto de Poesia na Educativa FM será ajustada. Haverá poesia a partir das 7h30 da manhã (aproximamente) e daí em diante de hora em hora, no início do bloco musical, até 23h30. Os poetas terão intervalo de almoço (12h30 e 13h30) e jantar (19h30), afinal poesia não enche barriga. Os horários também se ajustarão à programação especial dos finais de semana da Educativa.

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Viaduto em salvador é atacado por xixi

Os baianos podem acrescentar mais uma "competência": têm um xixi que pode até derrubar viaduto. Na foto ao lado são as consequências dos ataques de urina ao pilar de um viaduto em Salvador. A prefeitura diz que está tomado providências colocando uma argamassa mais resistente e pintando com tinta epoxi. Como diz o ditado, água mole em pedra dura tanto fura até que bate.

domingo, 12 de abril de 2009

7 Pecados - Ainda não vi e já gostei

Deve ser um bom momento para quem gosta de ver coisas legais. Carol Gusmão na curadoria é garantia de que surgirá algo interessante e inteligente. Como não conheço o trabalho de todos os 7 artistas, deixo para falar depois da exposição.

Quinta-feira, 16/04/2009, às 20h na Galeria do SESC Centro. Imperdível.
Depois fica até 15 de maio, das 9 às 18h. Entrada franca.

sábado, 11 de abril de 2009

Trocas culturais

Que a internet possibilitou um intercâmbio global, isso todo mundo já sabe, agora ver um desenho japonês dublado em cearês...

http://eupodiatamatando.com/2009/03/28/anime-dublado-em-ceares/

Parabéns para a Tânia Gaidarji.

sexta-feira, 10 de abril de 2009

Viver é muito perigoso

Parece que toda a briga da igreja contra as células-tronco embrionárias (Embryonic stem cells - ES) vai ter um efeito colateral inesperado. Como alternativa às células ES, em novembro de 2007, dois grupos de pesquisa, um no Japão (Universidade de Kioto) e outro nos EUA (Advanced Cell Technology, Massachusetts) divulgaram, em paralelo, o resultado de pesquisas que levaram à criação de células iPS (“induced pluripotent stem cells” = “células-tronco pluripotentes induzidas”) . Pluripotente quer dizer que a célula é capaz de se apresentar em numerosos tipos de célula. Com elas a ciência não precisaria mais usar os embriões para chegar a resultados semelhantes. Muito bem. Havia o problema delas se tornarem cancerígenas, mas novas pesquisas apontam para a solução deste problema. Só que, por outro lado, abriu-se a possibilidade de homens gerarem óvulos e mulheres espermatozóides. Foi isso que você pensou. Se der certo, Gays e lésbicas poderão ter filhos naturais (ou quase) gerado em proveta. Os gays ainda precisariam de uma barriga de aluguel, mas as lésbicas já seriam auto-suficientes. Por outro lado, gays poderiam ter filhos de ambos os sexos, enquanto as lésbicas apenas teriam mulheres. Lembram daquela aula de genética: mulheres= XX e homens= XY? Dos cruzamentos gays surgiria ainda uma nova questão: o que seria um YY (25% de chance)? Ainda é um mistério. Parece que a discussão sobre ética vai se tornar cada vez mais imprescindível à ciência e à sociedade.
Sim, e a parcela da Igreja que tanto lutou contra as células-tronco embrionárias (ES) agora vai ter sua parcela de culpa por mais esta descoberta que vai de encontro aos seus dogmas. Como diria Guimarães Rosa, viver é muito perigoso.

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Minuto de Poesia - Como funciona

Como tem muita gente perguntado, abaixo vai um comentário sobre o Minuto de Poesia.

Os poemas tem sido escolhidos baseando-se em uma série de critérios: qualidade do poema, possibilidade de ser interpretado com qualidade no rádio, tempo de interpretação menor que um minuto, distribuição geográfica (Alagoas, Brasil, mundo) e temporal (clássicos e novos). A principal meta é levar ao ouvinte da Rádio Educativa FM a poesia de qualidade e, como consequência, fomentar novos amantes/leitores de poesia em nosso estado.

Qualquer pessoa pode enviar sugestão de poemas. Aos poetas interessados em contribuir com seus trabalhos, a produção do programa sugere que enviem para minutodepoesia@gmail.com até três poemas que considerem que se adequam ao perfil do programa, opcionalmente com um currículo resumido. Quem já tiver livro publicado e quiser enviar, também pode fazê-lo, indicando os poemas selecionáveis. Os poemas serão analisados por pareceristas ad hoc. Caso selecionado, o poema será gravado pela equipe do programa e tocado na Rádio Educativa FM.

Uma noite da Lua

É comum ouvir pessoas afirmarem que em Maceió não há nada de interessante a fazer, que a vida cultural é pobre, e vai por aí. Talvez digam isso comparando Maceió ao Rio de Janeiro ou São Paulo ou Londres... não sei. Talvez digam isso por desejarem algo que realmente não exista por aqui, como óperas, shows de astros internacionais... não sei. Talvez por não terem acesso a informação, talvez por estarem infelizes, talvez por um monte de outros motivos mais nobres ou menos nobres. Mas guardando as devidas proporções, temos nesta quinta-feira de lua cheia uma quantidade de opções significativa. Às 17h tem o aniversário do Sebo Livro Lido em Jaraguá, com o Chorinho no Sebo. No começo da noite tem o Mandala Cultural, no Centro; na Garça temos dois Luaus: um no Trilha do Mar com a Lucy Serralvo e o quarteto Relax e outro no Bar do Seu Manoel, com o Railton Sarmento (Xique Baratinho); em Ipioca, o Luau do Vila Chamusca com Elaine Kundera. Ainda temos a Mostra de Clássicos Italianos no Cine Sesi, música legal em alguns bares etc. Mas caso as nuvens não encubram, teremos à beira-mar o melhor programa de hoje: a luz da lua cheia (que nasce às 17h18) refletida nas águas do mar de Maceió. Beleza inundante.

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Lula Nogueira na Pinacoteca da UFAL


Ainda há tempo de visitar a Pinacoteca da Ufal para ver a bela "Maceiópolis/ Maceioca/ Maceiótima", de Lula Nogueira. A entrada é franca e vai até 24/04. Para não perder a viagem, é melhor ligar para 3221-7230 e saber os horários.

terça-feira, 7 de abril de 2009

Mostra de Clássicos Italianos no Cine Sesi

Esta semana temos uma excelente programação de cinema. A abertura, nesta segunda com A Doce Vida, de Fellini, teve casa cheia. O filme é ótimo, embora longo para o ritmo de hoje. Deu para sentir a saída constante de espectadores antes de completar duas horas de filme. Ao final, após quase três horas de projeção, ainda tinha muita gente. Menos mal. Na sequência, terça às 20h, temos Morte em Veneza, dirigido por Visconti e baseado no livro do Thomas Mann. Aos navegantes: o filme tem duração de 2h10.

domingo, 5 de abril de 2009

Audio da Chamada do Minuto de Poesia na TV Educativa

video

Wilma Araújo no BellaGula

Confesso que por um tempo mantive preconceito com relação ao BellaGula. Via como uma casa para madamas grã-finas passarem suas preciosas horas. Ao abrir o espaço para a boa música ao vivo arrisquei meses atrás aparecer por lá. Valeria a pena, já que ouvir Leureny – diva da MPB em nosso estado – é sempre uma experiência prazerosa. Desde então tenho tido bons momentos ao frequentar um ambiente com aconchego e charme. Voltei neste sábado, 4/4, para ver Wilma Araújo entrar acompanhada de Marcão (violão) e Ronalsa (percussão) e cantar um delicioso repertório de MPB durante mais de duas horas, sem intervalo, com direito a bis. Overdose de boa música. Chico Buarque, Júnior Almeida, Renato Teixeira, Gustavo Gomes, Vanessa da Mata, Djavan e mais um monte de gente boa desfilaram pela bela e afinada voz de Wilma. Normalmente não gosto de shows longos. Penso que no formato proposto caberia um intervalo, mas Wilma conseguiu carregar o palco com muita desenvoltura.
Por outro lado, a direção da casa precisa melhorar a disposição de tomadas para a instalação dos instrumentos de som e luz. Não faz sentido ter o show interrompido porque a tomada foi desligada acidentalmente por um passante. Com relação ao cardápio, poderia incluir algumas opções de tira-gostos para combinar com o tipo de evento que pede cachaça, cerveja ou vinho. Cabe também comentar o atendimento. Não acreditava cada vez – e não foram poucas – que chegava um garçom, sem ser solicitado, oferecendo mais bebida ou comida durante a apresentação da cantora de forma insistente e inconveniente. Lamentável. Ainda bem que a beleza da noite enevoou as falhas e pude deixar o BellaGula mais feliz do que quando entrei.

sábado, 4 de abril de 2009

Lançamento do Minuto de Poesia no Bar do Seu Manoel




Foi um dia especial. A poesia de qualidade foi a principal atração em um evento que tinha muita, muita gente legal. Não contei, mas não passaram menos de 80 pessoas pelo Bar do Seu Manoel na noite de quinta-feira, 2 de abril. A lua, quarto-crescente, ocupava seu lugar ao céu, no lado oposto ao mar, enquanto uma infinidade de estrelas espalhava um brilho sutil por toda parte. As areias da Garça Torta foram marcadas por pés de mesas, cadeiras e pessoas. Após um atraso necessário regado a bom papo e boa cachaça, o evento iniciou-se com Kaká Marinho, mestre de cerimônias do IZP, falando sobre o projeto Minuto de Poesia. em seguida o Presidente do IZP, Marcelo Sandes, em poucas e belas palavras destacou a importância do evento e do programa para a cultura em nossa terra. Depois Kaká passou a bola pra mim. Eu não havia preparado nenhum discurso, pois estava até as 6 da tarde na Rádio montando algumas das vinhetas para apresentar no lançamento. Falei sobre como o programa foi criado e mais um monte de histórias correlatas. Talvez pudesse ter sido mais curto. Em seguida abri a leitura dos poemas, convidando poetas e amantes da poesia para o palco. Foi com certeza o melhor momento da noite. As pessoas iam ao varal e pegavam um dos 60 poemas estendidos e vinham ao palco interpretá-lo. O nível de leitura foi bem acima do esperado. Houve momentos de êxtase poético. Após um bloco de poemas lidos, colocávamos uma gravação de um poema na forma em que será apresentado na programação da Educativa. A noite transcorreu com muita alegria e tranquilidade. Após a meia-noite, encerramos o sarau e começou uma canja de jazz e MPB que durou horas. Voltei para casa exalando alegria e certo de ter feito algo legal.

sexta-feira, 3 de abril de 2009

Educativa inova com “minuto de poesia”
(release do IZP)

A poesia fará parte do dia-a-dia dos ouvintes da Rádio Educativa FM, integrante do Instituto Zumbi dos Palmares (IZP), a partir desta segunda-feira, 06, com a estréia do novo quadro “Minuto de poesia”.

O programa terá a duração máxima de um minuto e será apresentado em diversos horários, com a participação especial do professor, poeta e teatrólogo, Otávio Cabral e da procuradora de Estado, Fátima Medeiros, que farão à declamação de poemas de autores consagrados como Carlos Drummond de Andrade, Mário Quintana, Neruda, Jorge de Lima, dentre outros.

Para comemorar a iniciativa, foi realizado nessa quinta-feira o evento de lançamento do programa no Bar do Seu Manoel, na Garça Torta. O encontro contou com a participação de poetas, escritores, artistas bem como amantes da boa poesia.

Um varal com poemas selecionados para ir ao ar neste mês foi disponibilizado para que os convidados pudessem recitá-los e uma pequena mostra do programa foi exibido durante o evento.

O “Minuto de poesia”, produzido e idealizado, pelo professor Ricardo Cabús, se propõe a levar aos ouvintes poesias de qualidade produzidas em Alagoas, no Brasil e no mundo. De acordo com Ricardo Cabús, “a iniciativa tem como objetivo abrir espaço para a boa poesia de todos os cantos, de todos os tempos e incentivar a produção de poemas de qualidade, estimulando os novos poetas pelo bom exemplo e pela possibilidade concreta de ter sua obra veiculada na Rádio Educativa”.

Para o diretor da emissora, Ricardo Teles, a iniciativa foca a valorização da cultura e, com isso, a Educativa FM vem cumprindo o papel de fomentador de educação. “Faz parte do perfil da Rádio o papel de divulgar a cultura local, nordestina e brasileira”, ressaltou.

Já para Otavio Cabral, que participa da primeira fase do programa, “mesmo não sendo um gênero literário tão consumido como a prosa e o romance, a poesia está presente em todos os tempos e abrir espaço para esta manifestação cultural é uma iniciativa inovadora da Rádio Educativa, que vai possibilitar aos ouvintes ter acesso ao universo da poesia de forma prazerosa.”
Cabral ressalta ainda, a importância da poesia, afirmando ser ela utilitária, uma vez que possibilita a quem a consome, condições emocionais de repensar e mudar a forma de ver o mundo.

A Rádio Educativa FM 107,7 oferece desde 1984 uma programação diferenciada, dando prioridade a MPB e música genuinamente alagoana, tornando-se a única neste segmento no Estado. Sua programação é eclética e versátil, destacando-se como espaço privilegiado para divulgação da cultura em suas várias manifestações. Integrante do Instituto Zumbi dos Palmares, a Rádio Educativa já pode ser ouvida também no interior do Estado nos municípios de Arapiraca, no Agreste, e Porto Calvo, no Litoral Norte. Ambas expandem seu sinal para as cidades circunvizinhas. Já existe uma solicitação do Instituto no Ministério das Comunicações para expandir a atuação da rádio para as cidades de Penedo, Santana do Ipanema e Palmeira dos Índios.

(Release IZP)

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Como chegar no lançamento do 'Minuto de Poesia'

Para quem não conhece nem sabe chegar no Bar do Seu Manoel, a dica é dar uma entrada no Orkut do Bar em http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?rl=as&uid=11742778360079706237

Não deixem de dar uma olhada nas fotos do local. A Praia de Garça Torta é muita beleza por metro quadrado.

O Bar no Google Maps:
http://maps.google.com.br/maps/ms?msa=0&msid=113950679985636205312.000466910f42781321f24&ie=UTF8&ll=-9.583525,-35.660916&spn=0.004581,0.006974&t=h&z=17

quarta-feira, 1 de abril de 2009

Voo ao solo vale a pena

Saí nesta terça para algo tipo 'blind date' e me dei bem. Não sabia nada sobre a peça, a atriz ou o diretor, nem tive tempo de ler. Foi uma atitude intempestiva ao chegar em casa às 18h e ler o caderno B. Um lanche rápido pois começaria às 19h. Ligo para confirmar, por via das dúvidas. Confirmado: 19h. Chego na mesma hora que Ronaldo de Andrade, minutos antes das 19. Para nossa surpresa o espetáculo iniciaria às 19h30. Por que não me avisaram ao telefone? Tudo bem, o encontro com Ronaldo propiciaria um papo agradável. Dito e feito. O monólogo começou às 19h50. Daniela Beny me surpreendeu com uma atuação segura (embora algumas falhas eventuais que não atrapalharam o desempenho) e um texto interessante (ela escreveu e atuou!), com costuras em cima de Guimarães Rosa e Lygia Fagundes Telles. Um detalhe do cenário havia me chamado a atenção: um filó enorme protegia a atriz da platéia e servia para a projeção de uma imagem de tv fora do ar. Achei muito legal, pois criava um belo contraste de brilho no palco em plano vertical, sem poluir visualmente o desempenho da atriz. Ao final soube que havia sido uma falha técnica, pois era para aparecer imagens de um vídeo. Não sei o que viria, nem quero saber. Espero que no espetáculo de quarta, no Jofre Soares, dê defeito no vídeo de novo.